Notícias

11ª edição do Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo divulga vencedores

IMPRENSA Editorial tornou pública a lista de ganhadores da 11ª edição do Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo. O evento realizado na noite de segunda-feira (24), na Câmara Municipal de São Paulo, que também patrocinou a cerimônia, distribuiu R$ 72 mil para o reconhecimento de reportagens de excelência veiculadas de 8 de abril de 2013 a 7 de abril de 2014 em dez categorias. O júri também elegeu os ganhadores de dois prêmios especiais: “Grande Prêmio Líbero Badaró”, que ficou com a equipe do jornal Folha de S.Paulo, pela reportagem “A Batalha de Belo Monte” e “Destaque do Ano”, que reconhece um jornalista por suas contribuições à mídia brasileira. Nesta edição, o homenageado foi Gilberto Dimenstein, idealizador do site Catraca Livre.

Vencedores_Prêmio Líbero Badaró-Portal Imprensa
Vencedores da 11ª edição do Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo agradecem a homenagem – Foto: Portal IMPRENSA

Na categoria “Jornalismo universitário”, o prêmio ficou com os estudantes da Universidade de Brasília (UnB), com a matéria “Ausentes – eles estão em algum lugar do outro lado da fronteira”. Na modalidade “Ilustração”, a Folha de S.Paulo foi o premiada com o desenho “Protestos”.

Uma das categorias recordistas de inscrições neste ano, “Webjornalismo” ficou com o portal G1 pela matéria “Bye, Bye, Brasil: 35 anos depois”. “Jornal Imprenso” também recebeu número recorde de concorrentes. Quem levou o prêmio foi o jornal O Dia (RJ), com a matéria “Revelações do Coronel Malhães”. Ainda no meio impresso, a categoria “Primeira Página” ficou com o jornal Diário Catarinense (SC) pela capa “Mais ordem do que progresso”. Em “Radiojornalismo”, a EBC de São Paulo foi vencedora com o especial “A América Latina e o Golpe de 1964 no Brasil”.

Na categoria “Fotojornalismo”, o vencedor foi o jornal O Estado de S. Paulo (RJ), pela imagem “Em defesa da Democracia”. Já em “Reportagem cinematográfica”, a TV Record (SP) ficou com o prêmio com a matéria “Laranjas do sertão”.

No prêmio dedicado ao “Telejornalismo”, a TV Globo (RJ) foi agraciada pela série “Pedofilia em Coari (AM)”. E finalmente na categoria “Cobertura internacional”, o Estadão ganhou mais uma vez, com a matéria “Sudão do Sul: A guerra esquecida”.

Iniciativa da revista e Portal IMPRENSA, o Prêmio Líbero Badaró tem patrocínio da Câmara Municipal de São Paulo e apoio institucional do Instituto Palavra Aberta, Artigo 19, Intercom, Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS). Segundo os organizadores, “é a homenagem que IMPRENSA faz a quem presta jornalismo com paixão e conhece a importância do seu papel na sociedade”.

Confira a lista completa dos vencedores:

Jornalismo universitário

“Ausentes – eles estão em algum lugar do outro lado da fronteira”
Universidade de Brasília (DF)
Autores: Amanda Maia Santos e Amanda Martimon Morgado
Fotógrafos: Marcella Fernandes de Camargos

Ilustração

“Protestos”
Folha de S.Paulo (SP)
Autor: Angeli

Webjornalismo

“Bye, Bye, Brasil: 35 anos depois”
G1 (SP)
Autores: Glauco Araujo, Gustavo Miller, Leo Aragão e equipe de Arte
Fotógrafo: Luciano Emoto

Radiojornalismo

Especial: A América Latina e o Golpe de 1964 no Brasil
Empresa Brasil de Comunicação (SP)
Autores: Beatriz Pasqualino, Priscila Resende e Juliana Cézar Nunes

Primeira Página

“Mais ordem do que progresso”
Diário Catarinense (SC)
Autores: Edgar Gonçalves Junior, Cristiano Estrela, Rafael Rosa, Émerson Souza e Cristiane Cordioli
Fotógrafo: Cristiano Estrela

Fotojornalismo

“Em defesa da Democracia”
O Estado de S. Paulo (RJ)
Fotógrafo: Fabio Motta

Jornalismo impresso

“Revelações do Coronel Malhães”
Jornal O DIA (RJ)
Autora: Juliana Dal Piva

Reportagem cinematográfica

“Laranjas do sertão”
TV Record (SP)
Cinegrafistas: Cristiano Teixeira, Ingrid Sachs e Lucas Mello

Telejornalismo

Série “Pedofilia em Coari (AM)”
TV Globo (RJ)
Autores: Monica Marques, Giuliana Girardi, Wálter Nunes, Bruno Della Latta, Bruno Mauro, Bernardo Medeiros, Claudio Gutierres e Thiago Ornaghi Cinegrafistas: Abiatar Arruda, Marcone Prysthon, Lucio Alves e José de Arimatea

Cobertura internacional

“Sudão do Sul: A guerra esquecida”
O Estado de S.Paulo (SP)
Autora: Adriana Carranca

Grande Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo

“A Batalha de Belo Monte”
Folha de S.Paulo (SP)
Autores: Marcelo Leite, Dimmi Amora e Morris Kachani
Fotógrafos: Lalo de Almeida, Rodrigo Machado e Douglas Lambert
*As informações são do Portal Imprensa.

comentários

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *