Notícias

Adep-BA entrega Prêmio de Jornalismo e Acesso à Justiça Ivan de Carvalho

Os vencedores da 1ª edição do Prêmio de Jornalismo e Acesso à Justiça Ivan Lemos de Carvalho, promovido pela Adep-BA, foram agraciados na manhã de sexta-feira, 21, em cerimônia no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. A premiação aconteceu durante a solenidade de posse da nova diretoria da entidade eleita para o biênio 2014/2016. Os três finalistas foram escolhidos pela comissão julgadora, composta por representantes da Associação Baiana de Imprensa (ABI), do Sindicato dos Jornalistas do Estado da Bahia (Sinjorba), da Adep-BA e da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep).

Claudia Bonatte, da Rede Bahia, divide o prêmio com a repórter Andréa Silva - Foto: ADEP-Ba
Claudia Bonatte, da Rede Bahia, divide o prêmio com a repórter Andréa Silva – Foto: ADEP-Ba

Autora de reportagens intituladas “Série Defensoria’, a editora Claudia Bonatte, da Rede Bahia, ficou em prêmio lugar na categoria Telejornalismo. Segundo ela, que dividiu o prêmio com a repórter Andréa Silva, o momento coroa um trabalho feito por uma equipe que preza pelo profissionalismo.

Foto: ADEP-Ba
Foto: ADEP-Ba

O primeiro lugar na categoria Radiojornalismo foi conquistado por Igor Dantas (foto), da CBN, com a reportagem “Brasil teoricamente democrático”. “Quero agradecer a equipe que nos dá todo o suporte e incentivo para que trabalhos como esses que estão sendo premiados aqui tenham essa notoriedade. Faço um pedido para que cada um de nós possa levar essa bandeira do olhar mais humanitário para fazer uma sociedade e um mundo melhor”, disse Dantas.

Já o segundo lugar na categoria Radiojornalismo foi para Priscila Mendes Dias, autora da reportagem “Judicialização na Saúde – conflitos e soluções”, veiculada na Rádio Itatiaia, de Minas Gerais. “É uma honra pode sair de Minas e vir até aqui receber esse prêmio em nome da rádio Itatiaia, a principal rádio de Minas. Acho que esse trabalho representa muito, tanto para a sociedade, para nós, da imprensa, quanto para os defensores públicos. É uma forma de fortalecer os laços em favor dos cidadãos que carecem muito de atenção e precisam entrar na Justiça para manter seus direitos básicos garantidos”, comemorou.

adep-ba 1
A repórter mineira Priscila Mendes Dias levou o segundo lugar na categoria Radiojornalismo – Foto: ADEP-Ba

Na ocasião, a Adep-BA concedeu uma menção honrosa para o trabalho “Homenagem a defensora pública Tereza Cristina”, de Antônio Henrique Peixoto de Almeida, veiculado no YouTube.

A temática da 1ª edição do Prêmio de Jornalismo Ivan Lemos de Carvalho contemplou o acesso à Justiça e a garantia do Direito à Saúde, vinculada à Campanha Nacional 2014, cujo lema é “Defensor público, transformando a causa de um em benefício de todos”, que na Bahia recebeu o tema “Defensor público e cidadão: juntos pela garantia do Direito à Saúde”. O objetivo é valorizar a imprensa e seu compromisso com iniciativas de melhoria da qualidade de vida e do fortalecimento da democracia, além de aproximar o trabalho dos defensores públicos da sociedade.

Concorreram trabalhos de jornalistas publicados entre 15 de maio a 10 de outubro de 2014, nas categorias Jornalismo Impresso (jornal, revista, publicação direcionada), Radiojornalismo, Telejornalismo e Webjornalismo (sites e blogs). O nome escolhido para o prêmio homenageia o jornalista e articulista Ivan Lemos de Carvalho, que morreu em maio deste ano. Formado em Direito, Carvalho abordava em seus artigos políticos assuntos com nuances importantes para o exercício da cidadania.

As informações são da Associação dos Defensores Públicos da Bahia (ADEP-BA)

comentários

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *