Logo

No Banner to display

Biblioteca Jorge Calmon

A biblioteca de Comunicação foi idealizada pelo então Presidente desta Associação, o Jornalista Jorge Calmon (1915 – 2006), e inaugurada na sua administração em 1 de setembro de 1972. Seu objetivo foi incentivar a cultura e aprimorar os conhecimentos dos profissionais da área de comunicação, bem como ao público em geral. Em 10 de setembro de 1973, por decisão da Diretoria passou a ter o nome do seu idealizador, “Biblioteca de Comunicação Jorge Calmon“.

O acervo é especializado em comunicação englobando teoria da comunicação, jornalismo, semiologia, técnica de história em quadrinhos, propaganda, publicidade, marketing, relações públicas, fotografia, cinema, radiodifusão, televisão, sendo mais forte em cinema, biografias de atores e cineastas. A Biblioteca é franqueada ao público para consulta ao acervo técnico, periódicos locais e do interior, não dispondo de empréstimo.

Adquiriu-se a Coleção de Cinema do crítico Walter da Silveira. Nesta Coleção encontram-se obras de grande valor, sendo algumas autografadas por seus próprios autores como: Charles Chaplin e George Sadoul. A coleção de Textos e Fotografias do Prêmio ABI faz parte também do acervo, que conta atualmente com 3.461 livros registrados, 147 títulos de periódicos, 24 títulos de DVD/CD. Possui também uma Hemeroteca (coleção de recortes de jornais) e slides.

Em 2011 a Biblioteca Jorge Calmon foi reformada, oferecendo maior conforto aos usuários e adequação aos modernos padrões e normas bibliotecárias. As verbas para a reforma partiram da Assembleia Legislativa da Bahia, Banco do Nordeste e Empresa Gráfica da Bahia (EGBA).