Geral

Câmara Municipal de Salvador concede Título de Cidadão a Valter Lessa

Diretor da ABI será homenageado hoje (19) em Sessão Solene

O fotojornalista José Valter de Lessa, 1º Secretário da Diretoria Executiva da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), receberá hoje (19) o Título de Cidadão da Cidade de Salvador, às 19h, no Plenário Cosme de Farias da Câmara Municipal de Salvador. A homenagem é uma iniciativa do vereador Atanázio Júlio e acontece nos termos da Resolução nº 2.832/19. Lessa é natural da cidade de Itapipoca, município brasileiro localizado no estado do Ceará, conhecido pelo título de “cidade dos três climas”, por abrigar ao mesmo tempo praias, sertões e serras.

Valter Lessa se mudou com 17 anos de Itapipoca, no Ceará, em 1949, quando atuava no Departamento Nacional de Estradas de Ferro. Morou primeiro em Jequié, período em que ganhou uma máquina fotográfica e recomeçou a trabalhar como fotógrafo profissional. Colaborava, eventualmente, com o jornal O Jequié

Ele chegou às terras soteropolitanas no ano de 1955 e, a partir de então, passou a fotografar personalidades da sociedade baiana e transformações que ocorreram em Salvador em sua paisagem urbana. Valter passou a trabalhar com um dos mais renomados fotógrafos brasileiros, o icónico Leão Rosemberg, no mais importante estúdio fotográfico baiano. Em 1957, foi contratado pelo jornal A Tarde, onde permaneceu até 1970. 

Lessa montou o banco de fotografias do então nascente Jornal da Bahia e paralelamente efetuava trabalho de retratar os aspectos político-sociais e arquitetônicos de Salvador. Foram milhares de fotografias, compondo importante acervo documental e histórico que revelavam a sociedade baiana dos anos de 1950, e também a cidade de Salvador. Lessa foi também fotógrafo oficial do governador Lomanto Júnior e chefiou o setor no Derba onde se aposentou. 

O fotojornalista possui o maior arquivo particular de fotos da Bahia contendo 108 mil fotografias catalogadas e, aproximadamente, outras 80 mil ainda sem catalogação. Registro precioso da vida social, cultural e política da Bahia nos últimos 60 anos. É também pioneiro a fazer fotos aéreas para jornais.

Considerado pelos profissionais como uma referência no fotojornalismo brasileiro, o também presidente do Conselho Fiscal da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos da Bahia (Arfoc-BA) é lembrado pelo vereador Atanázio com muito respeito. “Valter Lessa é um dos pioneiros do fotojornalismo na Bahia e o primeiro fotógrafo a usar as lentes teleobjetiva e grande angular. É com justiça que a Câmara o confere  Título de Cidadão de Salvador”, afirmou Atanázio em nota para o site da Câmara Municipal de Salvador. (Com informações da Tribuna da Bahia)

comentários

Artigo anteriorPróximo artigo