Diretoria da ABI transforma amigo-secreto de Natal em ação solidária

Por / 0 Comentários / 22 dezembro, 2017

“Quando cada um faz um pouco, o pouco de muitos de soma”. Foi com essa frase da beata Irmã Dulce que a diretora das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita Pontes, expressou gratidão pela doação que recebeu da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), nesta quinta-feira (21). Os diretores da ABI transformaram a tradicional brincadeira do ‘amigo-secreto’ natalino em uma ação solidária e, ao invés de trocarem presentes entre si, eles doaram cestas básicas a duas importantes instituições da capital baiana: a OSID e a CAASAH – Casa de Apoio e Assistência ao Portador do Vírus HIV/Aids.

Valber Carvalho, diretor da ABI; Maria Rita Pontes, diretora da OSID; Walter Pinheiro, presidente da ABI – Foto: Joseanne Guedes

Maria Rita Pontes espera que outras instituições adotem a iniciativa. “São jornalistas que se unem para praticar o amor. Como Irmã Dulce dizia “Natal, para mim, são todos os dias”. Esse amor, esse gesto de solidariedade da ABI, para nós, tem um grande significado, pois mostra que o Natal não é só uma mera troca de presentes, de abraços, mas também é pensar no outro. Pensar que o outro precisa sempre desse amor que vemos tão forte neste período do ano. Irmã Dulce, com certeza, está desejando Feliz Natal a todos e abençoando os lares”, ressaltou a sobrinha de Irmã Dulce e sucessora do “Anjo bom da Bahia” na OSID, instituição considerada pelo Ministério da Saúde o maior complexo de atendimento 100% gratuito em saúde do Brasil e responsável pelo maior volume de atendimentos em toda a estrutura do setor na Bahia.

O presidente da ABI, Walter Pinheiro, louvou a iniciativa do diretor da ABI, Luís Guilherme Pontes Tavares, ao propor a doação em lugar de um amigo-oculto. “Eu conheço esse trabalho há muito tempo, desde a época em que a irmãzinha era viva. Em momentos como esse, ela estaria em meio a Feira de São Joaquim para obter doações para manter a instituição. Aqui nunca ninguém chegou para não ser atendido. Era uma lei”, lembrou Pinheiro.

A vice-presidente da CAASAH, Soraia Carvalho (sentada), acompanhada pela equipe da instituição – Foto: Joseanne Guedes

“Para nós da ABI, é uma ação de muita importância. Estamos fazendo, evidentemente, um ato simbólico, singelo, uma doação de conselheiros para essas nobres causas. É um momento de muita felicidade”, completa o dirigente. Na visita, ele esteve acompanhado também pelo diretor de Divulgação da ABI, Valber Carvalho, e pelo superintendente da instituição, Márcio Müller.


comentários

Seu comentário

E-mail (não será publicado)