Notícias

Emiliano José lança segundo volume da biografia de Waldir Pires

Pouco mais de um ano depois do lançamento do primeiro volume, o jornalista e escritor Emiliano José entrega ao público a obra “Waldir Pires, Biografia –Volume 2”, fruto de cerca de sete anos de pesquisa e entrevistas. O novo livro será lançado no dia 15 de agosto, às 17h, no Palácio Rio Branco (Centro). “A partir de 17h, eu estarei lá autografando”, avisa Emiliano José. Em entrevista à Associação Bahiana de Imprensa (ABI), o autor disse que a importância da biografia de Waldir está relacionada à luta pela democracia no Brasil.

“Porque ele é um exemplo de extraordinário combatente pela democracia. Ele insistia nisso não só como regime de eleições, mas como regime que garante, sustenta e luta pela igualdade entre as pessoas”, afirma o jornalista. Emiliano falou sobre a experiência de escrever sobre o político falecido em junho de 2018, aos 91 anos, após parada cardiorrespiratória. “Uma honra retratar essa trajetória de vida extraordinária, uma missão de homem que amava o povo baiano, o povo brasileiro, que amava a humanidade. Ele tinha ideais muito elevados”, falou, emocionado.

Emiliano também refletiu sobre o atual panorama político brasileiro. “Vivemos um momento em que precisamos de homens assim, momento de muita dificuldade, supressão de direitos e liberdades no Brasil, com o novo governo que se instala no ano passado e vem na esteira do golpe de 2016”, analisa. “Waldir era um homem necessário para esta conjuntura e infelizmente nós o perdemos”, destaca Emiliano.

Para ele, o lançamento é parte desse processo. “É o momento de congregar pessoas com esse espírito de luta pela democracia. Essa luta implica diversidade, multiplicidade de visões, de pensamentos e olhares. Waldir sempre insistiu nisso”, conclui. Em junho do ano passado, a diretoria da Associação Bahiana de Imprensa (ABI) aprovou uma moção de congratulação a Emiliano José, pelo trabalho que conta a história de um dos políticos mais influentes do Brasil.

Volume 2 – A primeira parte do livro aborda o nascimento em Acajutiba e segue até o fim da jornada de Waldir Pires no Rio de Janeiro e retorno à Bahia vindo do Rio de Janeiro, em 1978, com o fim da vigência do Ato Institucional nº 5. Já o segundo volume, a ser lançado no próximo dia 15, conta a partir de 12 de janeiro de 1979 e descreve a caminhada de Waldir Pires na resistência democrática, a ousadia da candidatura ao Senado em 1982. Retrata a construção do PMDB, a campanha das Diretas Já, a vitória eleitoral em 1986, a polêmica renúncia. Relata também a eleição a deputado federal em 1990, pelo PDT, a filiação ao PT, sua reeleição a deputado federal e fim da carreira política, com seu mandato de vereador.

comentários

Artigo anteriorPróximo artigo