Sem categoria

RSF oferece bolsa para treinamento em segurança digital para jornalistas

Que direitos os jornalistas têm contra a vigilância do governo? Como proteger suas contas e o que ajuda contra o trolling? Esses temas integram o conteúdo do curso oferecido pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF), na Alemanha. A ONG está com inscrições abertas para seu treinamento em segurança digital para jornalistas. O programa, realizado em Berlim, é voltado para jornalistas profissionais, blogueiros e jornalistas cidadãos com experiência e que: a) atuam em zonas de guerra e áreas de crise; b) estão expostos a ameaças digitais devido ao seu trabalho em suas regiões de origem; c) querem aprender e trabalhar extensivamente com segurança digital para melhorar sua segurança pessoal.

A capacitação  dura quatro meses e é dividida em duas turmas. A primeira de 1º de maio a 31 de agosto e a segunda de 1º de setembro a 31 de dezembro. Os interessados precisam ter domínio do inglês e o desejo de retornar a seus países após o término do treinamento. O prazo para inscrições termina no dia 19 de fevereiro.

O programa ensinará modelo de ameaça para jornalistas, como identificar riscos, normas legais, formação técnica sobre a Internet (incluindo IP, DNS e comunicação por e-mail), além de técnicas de proteção contra ataques digitais a seu trabalho (como hackers e espionagem), criptografia, anonimização (como você pode se esconder online) e
vigilância comercial. Os estudantes também receberão treinamento para ensinar segurança digital em suas próprias regiões.

A bolsa oferecida cobre as despesas com viagem, visto, transporte público em Berlim, hospedagem e uma ajuda de custo mensal de US$ 1 mil. Os selecionados terão ainda acesso a outras atividades com especialistas na área de segurança digital.

Mais informações no site da RSF.


Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *